Sobre nós

Como foi criada a YCF?

Fundada por Yannick Coquard, um piloto Nacional de Motocross Pro que pilotou pitbikes; e Dimitri Bera, um técnico francês de alto nível que agora vive na China e supervisiona todo o desenvolvimento. Eles uniram forças em 2004. A história da YCF começou quando Yannick decidiu melhorar a qualidade e a fiabilidade da pitbike que possuía antes de fundar a YCF. Passo a passo ele foi modificando a sua pitbike e finalmente decidiu em construir sua própria. Aproveitando a sua experiência de piloto, ele sabia exactamente o que era necessário para criar uma pitbike com a qualidade necessária a satisfazer os clientes mais exigentes.



Quando a gama da YCF evoluiu?

Desde a primeira gama de pibbikes criada em 2005, que a marca YCF desenvolveu e evoluiu muito num processo contínuo de modo a atingir seu nível atual de produtos.

YCF é um verdadeiro produtor (fábrica) de motos, com o seu próprio departamente de investigação e desenvolviumento e a sua própria fábrica na China que foi fundada em 2009. Este foi o facto chave para o nosso sucesso. A YCF enquanto fabricante consegue controlar toda a qualidade de A-Z. O processo produtivo nunca parou durante os últimos 10 anos de modo a melhorar a qualidade, fiabilidade e performance dos seus produtos.

Quais são os produtos mais vendidos da YCF?

A criação em 2012 da YCF 50 foi um grande sucesso. Esta pitbike foi dedicada às crianças dos 3-7 anos com a opção de um kit de rodas establizadoras. É especialmente desenhada para evolução de velocidade e segurança.

Encorajada pelo sucesso e questões ambientiais, a YCF decidiu lançar a sua própria pitbike elétrica para crianças em 2016. A YCF oferece também uma pitbike 88.

Em 2017 a YCF criou uma gama mais alta, entre a pitbike e uma motocross. Com rodas 14´e 17´que criam uma maior establidade para o piloto. A“Bigy” é a moto perfeita para adultos e crianças que estão a evoluiur para uma moto maior.

Qual é a posição internacional da YCF em todo o mundo?

A marca YCF é cada vez mais reconhecida a cada ano que passa, com o último ano a atingir mais de 8000 motos em 18 diferentes países.

Siga-nos